Rodízio no abastecimento de água em Palmeira é suspenso pela Sanepar

Suspensão do revezamento foi informada após chuva atingir a região e melhorar a vazão no Rio Pugas, que abastece o município.

Rio Pugas estava com baixa vazão por conta da falta de chuvas Prefeitura de Palmeira/Divulgação O rodízio no abastecimento de água em Palmeira, nos Campos Gerais do Paraná, foi suspenso a partir deste sábado (23), segundo a Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar). A cidade estava em sistema de rodízio desde o mês de abril por causa da estiagem.

Palmeira teve estado de emergência hídrica decretada pela prefeitura, por conta da baixa vazão no Rio Pugas, que abastece o município. Com a chuva que atingiu a cidade desde sexta-feira (22), a companhia informou que foi reestabelecida a capacidade de água nos reservatórios para garantir o abastecimento pelos próximos dias. Ainda segundo a Sanepar, técnicos devem avaliar a situação e decidir se há a necessidade de retomar o rodízio a partir de quarta-feira (27). Além de Palmeira, outros municípios paranaenses enfrentam rodízio no abastecimento de água por causa da estiagem.

O estado decretou situação de emergência hídrica devido à estiagem. Veja mais notícias da região no G1 Campos Gerais e Sul.

Categoria:Paraná